HERPES72252

O herpes labial é a doença viral mais comum causada pelo herpes vírus do tipo 1 (HSV-1). A positividade em exames sorológicos (de sangue) para o HSV – 1 é de cerca de 85% da população mundial, mas apenas 20 a 40 % das pessoas apresentarão as lesões. P herpes é altamente contagioso, sendo disseminado principalmente pelo contato direto com secreções.
A maioria das infecções são subclínicas, isto é, sem alterações perceptíveis, entretanto, quadro clássico consiste de um pródromo (febrícula, mal estar, dor de cabeça, dor local) seguidas pelo desenvolvimento de lesões em regiões próximas da boca, avermelhadas, elevadas, com a formação de vesículas (pequenas bolhas) agrupadas, posteriormente úlceras e crostas, que vão se desprender quando da reepitelização, até a melhora completa. As lesões geralmente melhoram em 7 a 10 dias sem cicatrizes ou sequelas. A herpes orolabial é a manifestação mais comum do HSV. Apesar de as infecções pelo HSV ocorrerem preferencialmente na região oral, elas podem ocorrer em qualquer parte do corpo. Existem testes sorológicos que detectam os anticorpos contra o vírus, e o tratamento consiste no uso de antivirais tópicos ou orais nas recidivas freqüentes. A reativação do herpes pode ocorrer em situações de queda da imunidade local (exposição solar, stress, febre, fadiga, gripes)
O herpes costuma ser doloroso e desconfortável, além do aspecto estético indesejável.

Herpes Labial - Tratamento em Curitiba - Alergias e Doenças de Pele

Herpes Labial - Tratamento em Curitiba - Alergias e Doenças de Pele

Herpes Labial - Tratamento em Curitiba - Alergias e Doenças de Pele

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>