Respiratórias


O que é Controle Ambiental e como ele pode ser realizado?

No tratamento das doenças respiratórias alérgicas, um dos fatores mais importantes, sem dúvida, é o cuidado ambiental, que consiste em evitar o contato com substâncias alergênicas ou nocivas ao aparelho respiratório. A poluição atmosférica, a fumaça de cigarro e a exposição aos alérgenos ( causadores de alergia, como pó, ácaros e mofo) propiciam a piora dos sintomas.
Na asma e rinite, o cuidado ambiental se torna mais específico devido principalmente aos ácaros, seres microscópicos que vivem na poeira, e que são os principais responsáveis pelo desencadeamento de sintomas em grande parte dos pacientes.

Para os pacientes com alergia ao pó e ácaros são recomendáveis os seguintes cuidados:

  • Evitar a exposição de objetos que acumulem pó, tais como : livros, caixas, revistas, bichos de pelúcia, almofadas, móveis estofados, quadros, papel ou tecidos de parede, etc… Manter livros, enfeites e brinquedos sempre dentro dos armários.
  • Retirar carpetes e tapetes, dar preferencia para pisos de madeira, paviflex, cerâmica, fórmica ou outros materiais sintéticos.
  • Revestir colchões e travesseiros com capas impermeáveis (à venda em lojas de produtos para alérgicos) ou plástico, corvim, napa ou outro material impermeável.
  • Retirar as cortinas da casa e do quarto do paciente (principalmente) ou utilizar cortinas de tecido leve, lavando-as a cada 2-4 semanas, ou ainda persianas lisas de PVC
  • Trocar a roupa de cama freqüentemente ( 1 a 2 vezes/semana).
  • Trocar os cobertores de lã por endredons, que devem ser lavados com água quente a cada 2 semanas.
  • Retirar plantas do interior da casa, pois estas podem trazer umidade e mofo.
  • A limpeza da casa deve ser feita com pano úmido e aspirador de pó. Evitar uso de vassouras, flanelas secas, espanadores de pó e produtos de limpeza de cheiro forte ou irritantes.
  • Não fumar dentro de casa (o cigarro está associado a uma incidência 5 vezes maior de doenças respiratórias)
  • Evitar animais domésticos (gatos, cães, aves), principalmente no interior da casa. Além de causarem alergias por si só, eles são fonte de ácaros.
  • Caso tenha animais em casa, dar banho semanalmente e evitar que os mesmos tenham acesso aos quartos, mantendo-os fora de casa preferencialmente ou restritos a áreas de serviço, como lavanderias, e lavando com água quente 1 vez na semana o seu dormitório (cobertor, colchonetes), pois tais tecidos se tornam reservatórios de alérgenos.
  • Nos locais com mofo, aplicar água sanitária ou ácido tânico a 3% e após lixar e pintar, ou repetir a aplicação de água sanitária.
  • Manter o paciente alérgico fora de casa ou em outro cômodo, quando esta estiver em reforma, pintura, dedetização ou no momento da limpeza.
  • Aplicar um mistura de 1 L de água e 1 colher de sopa de vinagre ou 1 parte de Lysoform bruto para 5 partes iguais de água, uma vez por semana, nos pisos, carpetes, interior de armários e colchões revestidos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>