A MEDICINA E SUAS ESPECIALIDADES…

Médicos que estudam e se dedicam, sempre terão clientela fiel, independente de especialidade – não menos importante que titulação é o fazer bem feito, e isso, todos nos formados há mais de 20 anos sabemos que temos que ser grandes autodidatas… As evidências cientificas estão aí para todos e o mercado é o nosso maior “fiscal”, vamos desenvolvendo afinidades em áreas irmãs à nossa e, se fizermos com propriedade, não afrontaremos ninguém.

Como dizia Madre Teresa de Calcutá, quem passa o tempo distribuindo amor não tem tempo nem disposição para atirar pedras! Eu não tenho medo da concorrência seja qual for, tenho a consciência tranqüila de quem estuda e dá o seu melhor, sou Mestre em Alergia e atendo Estética da Face, que há 22 anos, quando me formei, era ignorada pela Dermatologia…

Detesto rótulos, amarras, me contento em ser médica, não me gabo por ter estudado tão mais que outros “especialistas”, e ter levado 6 amos após a graduação para me estabelecer, por ter optado por residência, especialização e mestrado…Medicina é minha vocação, razão de viver! Que “tipo” de médica eu sou? A que ama o que faz e por isso se torna a “favorita” de seus pacientes! A que não desfaz de colegas, a que não aponta dedos, a que não julga, mas também não se cala por omissão, a que não tem medo de intmidações, venham daonde vier.  A gente vê tanta “propaganda” ofensiva, agresiva, e responde com cada vez mais amor e comprometimento. Ser médica dá um significado a vida e me faz muto, mas muito feliz! E vou tentar resolver, para os meus pacientes, o que eu puder! Independente de RQE ou dessas amarras que queiram impor…

Adriana Schmidt 2013

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>