Procedimentos Médico Estéticos da face

Procedimentos Médico Estéticos da face – o que o médico tem a oferecer – por Dra Adriana Schmidt

Quais serviços estéticos você presta aos seus pacientes? Quais são mais procurados?
BOTOX (toxina botulínica) = O tratamento estético mais procurado na atualidade nos consultórios médicos é a Toxina Botulínica. Reduzindo a força de contração muscular de maneira localizada e reversível, ela ajuda a amenizar as marcas ou rugas de expressão ao redor dos olhos -os famosos “ pés de galinha”, as rugas entre os olhos ( fisionomia de “brabo”) e as rugas da testa, principalmente. A toxina botulínica tem sido utilizada no Brasil desde 1992 e foi liberada pela ANVISA para uso estético em 2000, e as principais marcas disponíveis no mercado brasileiro que são regulamentadas para uso estético são o Dysport e o Botox. Os resultados vão depender do grau de envelhecimento da pele, do metabolismo individual, do produto (marca, procedência, diluição, conservação, etc) , da dose e da técnica utilizada. É muito importante conhecer o profissional e sua formação ( é um procedimento médico exclusivamente), saber qual o produto e marca que será injetado, e o paciente deve ser informado do tempo para início do efeito, durabilidade esperada e riscos inerentes ao procedimento. É muito importante fotografar o paciente antes dos procedimentos estéticos e ao final do tratamento, e é recomendável que se assine um termo de consentimento. As aplicações repetidas de toxina botulínjica ( a cada 6 meses) irão reduzir sobremaneira o pregueamento cutâneo que causa as rugas. A toxina botulínica tem sido utilizada para fins cosméticos nos Estados Unidos há mais de 20 anos, e nas palavras do pioneiro no uso, Dr. Carruters, tem “ impressionantes índices de eficácia e segurança quando nas mãos de profissionais experientes”
PREENCHEDORES (Ac hialurônico, Polilático e HIdroxiapatita de Calcio) O segundo tratamento mais procurado é o Preenchimento, e os mais seguros são os absorvíveis, a base de ácido hialurônico (Restylane, Perlane, Teosial, Esteliss, Revanesse, Juvederm, Varioderm, etc). Algumas marcas, por estarem no mercado há vários anos e já terem sido aplicadas em inúmeros pacientes nos dão mais segurança de uso, mas o mais importante é que sejam marcas com registro na ANVISA, número de lote e validade em selos que são anexados ao prontuário médico. As seringas são individuais e de uso único ( isto é, não se pode guardar para fazer mais tarde ne dividida entre pessoas)
Segundos dados da literatura médica, de 2000 a 2007 o uso de preenchedores aumentou 133%. Porque são preferência? Por serem não-invasivos, eficientes para restaurar volume e corrigir defeitos no contorno da face envelhecida. O acido Hialurônico, gel transparente que se injeta nas depressões da face alcançou alta popularidade mundial por ser um componente da pele humana e ser totalmente absorvível. Além disto, estudos demonstram que ele estimula a produção e colágeno nas regiões injetadas, vem em pequenos volumes, o que garante um resultado natural, e não tem sido associado a complicações tardias, ao contrário do que ocorre com alguns preenchedores ditos permanentes – o envelhecimento de nossa pele é inexorável, e o que eles tem de definitivo é a sua permanência no organismo, podendo suscitar reações tardias chamadas de granulomas. Só para citar um exemplo, para um dos mais utilizados preenchedores a base de acido hialurônico já foram descritos mais de 11 milhçoes de tratamentos, com índices de efeitos adversos de 0,04% a 0,15 e com duração de 1 a 2 semanas, reforçando a segurança no uso.
Já outro preenchedor, o ácido L Polilatico (Sulptra) foi provado pelo FDA em 2004, é muito utilizado nos Estados Unidos e Europa para correção da lipoatrofia associada a AIDS e foi recentemente aprovado para fins estéticos, por estimular a proliferação celular, aumentar a produção de colágeno, sendo um preenchedor natural que ajuda a reesculpir volume perdido com a idade, sendo muito útil nas correções da flacidez da face e pescoço. Mais recentemente, a Hidroxiapatita de Calcio veio somar para melhores resultados, sendo aplicado isoladamente ou em associação a outros tratamentos, para os sulcos mais profundos ou pacientes de idade mais avançada. Os preenchedores utilizados em nopssa clínica são BIOCOMPATÍVEIS e são totalmente absorvidos pelo organismo, minimizando riscos de efeitos colaterais tardios.
O terceiro procedimento estético mais procurado são os peelings,seguidos pela lzs pulsada e os diversos tipos de lasers.
– O que precisa ser avaliado antes de um paciente se submeter a estes tratamentos estéticos?

A avaliação das necessidades, expectativas individuais, aliadas as reais possibilidades de resultados que satisfaçam a estas expectativas e custos devem ser todos criteriosamente analisados através da realização de uma consulta médica. Sem conhecer o paciente, é mais provável incorrermos em erros e gerar insatisfação e frustração com o tratamento. Sou contra a massificação de tratamentos médicos, especialmente aqueles que envolvem a estética, por estarem intimamente relacionados a autoestima do paciente a sua qualidade de vida – um erro aí pode ter efeitos catastróficos, e não cabem aí “ofertas” ou “promoções”, sendo inclusive desaprovados pelo CRM a mercantilização da saúde.
Eu, sendo médica Alergista e tendo um profundo conhecimento da imunologia da pele procuro incialmente conhecer o paciente, e indicar cuidados básicos como a higienização adequada, o uso de filtros solares (imprescindíveis e indispensáveis) , tratamentos noturnos ancorados no reparo tecidual com uso de renovadores celulares, esfoliantes, antioxidantes e/ou despigmentantes dependendo das necessidades, hábitos e estilos de vida daquele paciente. Indicar procedimentos estéticos mais invasivos naqueles que nem estes cuidados básicos estão tendo soa como realizar tratamentos odontológicos avançados, como lasers para clareamento dos dentes em uma pessoa que não esteja nem nem escovando eles!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>