Os radicais livres são formados naturalmente durante o processo de oxigenação do organismo. Em paralelo a sua formação endógena, o organismo sujeita-se ao longo a vida, a uma série da condições externas como radiações solares, poluição, fumo, álcool,vdentre outros, que potencializam ação de radicais livres. A maior parte destes radicais são neutralizados pelos mecanismos enzimáticos do organismo. No entanto, o excedente provoca reações em cadeia de dano celular e conseqüentemente leva ao envelhecimento precoce. Ciente desse processo, a cosmetologia pode agir topicamente através de ativos, como polifenóis do extrato de Green tea, que ajudam a eliminar os danos causados por este excesso ou impedem que o sistema chegue ao nível de estresse.
Radicais livres são radicais provenientes de fragmentos de moléculas que possuem um elétron desemparelhado na sua órbita mais externa. São, por isso, muito instáveis e extremamente reativos. Na busca pela estabilidade, reagem quimicamente com diversas moléculas organicas, principalmente os lipídeos constituintes das membranas celulares. Esta reação é uma das principais causas do processo de envelhecimento, pois com a membrana celular danificada, a tendência será a morte precoce da célula.
Anti-radicais livres ( Antioxidantes):

São substâncias que ajudam na neutralização dos radicais livres, pois têm grande afinidade pelos elétrons desemparelhados. Auxiliam na eliminação dos danos celulares ou impedindo que o sistema chegue ao nível de estresse, buscando o equilíbrio das reações que ocorrem no organismo.

Exemplos de antioxidantes:

 Extrato de Greem tea: o chá verde contém compostos polifenólicos, as epigalocatequinas e seus derivados, cuja principal ação é de proteger os tecidos dos efeitos danosos provocados pelos radicais livres. Os polifenóis previnem a peroxidação lipídica das membranas celulares e combatem o stress oxidativo evitando os sinais de envelhecimento. Extrato de Aloe Vera: contém aminoácidos, polissacarídeos, vitaminas e oligoelementos com ação antiinflamatória, antisséptica e hidratante natural.

Possui propriedades restauradora, bioestimulante e regeneradora dos tecidos, além de agir e como tonificante e cicatrizante da pele.

Na prescrição de cremes com finalidades terapêuticas anti-envelhecimento, o acréscimo de antioxidantes vem agregar potencialidades e promover resultados terapêuticos mais eficientes no longo prazo. As necessidades da pele variam de acordo com vários fatores ( idade, estilo de vida, hábitos alimentares, condições de sono, atividade física, expectativas, etc), que devem ser avaliados detalhadamente em uma consulta médica voltada para este fim. A automedicação na cosmética facial pode ter repercussões semelhantes a automedicação para outros fins de sapude, e deve ser evitada na medida do possível, principalmente em pessoas acima dos 30 anos, onde o processo de envelhecimento cutâneo, com a ação dos radicais livres, já pode encontrar-se em andamento.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>